Manias literárias

Em meados de fevereiro, Lunna Guedes contou no blog ‘Catarina voltou a escrever’ as peculiaridades que tem como leitora e listou dez delas. Desde então, me pego pensando no assunto, tentando traçar meu perfil literário e reparar nas muitas manias que fui acumulando ao longo dos anos. Não me recordo se já contei aqui, mas sou leitor antes mesmo de aprender a ler. Soa estranho, eu sei, mas me deixe explicar. Meus pais sempre tiveram o hábito de ler para mim e, por vezes, eu mesmo “lia”, inventando as histórias a partir das ilustrações de um livro. Aprendi muito também com Mauricio de Sousa e os gibis da Turma da Mônica. De lá para obras sem figuras, foi um pulo. E nunca mais parei…

Qual é o seu livro preferido? Todo mundo que gosta de ler, em algum momento da vida, já se deparou com essa fatídica pergunta. Não me conformo em ter que escolher apenas um diante de tantas opções maravilhosas. Muitas vezes, para evitar qualquer saia-justa ou longas digressões sobre o quanto a literatura é poderosa e frutífera demais para reduzi-la a um único livro, acabo citando o primeiro bom exemplo que me vem à cabeça. Por este motivo, é bem provável que duas pessoas que me fizeram a mesma pergunta tenham recebido respostas diferentes. Culpa delas por tentar me limitar.

A incapacidade de escolher um favorito não significa que eu não seja capaz de indicar bons livros. Guardo sempre na manga diversas opções de obras de variados gêneros que me cativaram de alguma maneira. Estou sempre pronto a lembrar quando me pedem. Faço, inclusive, o esforço de imaginar qual vai agradar mais ao leitor que me pediu uma indicação. E, não raro, ofereço um farto leque de possibilidades, porque acredito que boa literatura se compartilha em abundância.

Muita calma, porém, para não confundir indicação com empréstimo. Quando alguém me pedia um livro emprestado, minha primeira resposta – por muito tempo – era um categórico não. Sempre fui muito apegado aos livros que tinha e era torturante imaginar que eles pudessem estar por aí com alguém que não cuidaria tão bem quanto eu. Aos poucos, e com muita parcimônia, tenho aberto pequenas exceções. Os candidatos ao empréstimo precisam me convencer não apenas de que vão devolver os exemplares que pegaram, como também têm de garantir que eles não virão com qualquer rasura ou dobra.

Como destacar, então, aquele trecho inesquecível? Se o livro for seu, suas regras; você é livre para fazer o que quiser. Se for meu, nem pensar em rabiscar. Ou você estará riscado (perceberam o trocadilho?) da lista de habilitados ao empréstimo para sempre. Dependendo da gravidade, até da lista de amizades. Estou exagerando, claro, mas não gosto mesmo de escrever nas bordas das páginas, tampouco que façam isso por mim. Para dar destaque às partes prediletas, eu uso marca-texto. E nada de pegar o verde, o azul ou o rosa; só pode ser o amarelo. Ainda por cima, faço a marcação das frases com régua para que tudo fique bem retinho.

Devo ter outras manias literárias das quais não me lembro agora. E as suas, quais são?

Imagem: ‘Man reading’ (1905), de John Singer Sargent (1856-1925)

4 comentários sobre “Manias literárias

  1. Pedro,
    Também tenho dificuldade de emprestar livros, principalmente aqueles que gosto muito.
    Mas confesso que eu rabisco, faço anotações nas margens e destaco tudo que me desperta interesse. E agora estou tentando me acostumar a ler no kindle: esta sendo uma experiência de adaptação… Vamos ver.
    Grande abraço!

  2. Eu já tive dificuldades em emprestar livros, meu caro. Mas creio que era motivado pelo ideal de livraria, prateleiras cheias. Algo que se perdeu de mim já faz algum tempo. Hoje eu prefiro ter meia dúzia de livros e ter lugar onde emprestá-lo. Como moro em São Paulo há sempre uma biblioteca por perto e adoro meu cartão. Mais importante que qualquer documento outro.

    Ah, quando eu escrevi o post, confesso que deixei algumas manias de lado e não foi por esquecimento. rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s