Construções poéticas

A escrita de haicais pode ser como a engenharia: é preciso um cálculo exato para que a obra seja perfeita. Às vezes, subvertendo as regras, eles param de pé.

Tijolo por tijolo
O mestre de obras
era quem melhor fazia
poemas concretos.

Paz aparente
O arquiteto
foi assaltado pelo
concreto armado.

Engenharia social
Com diálogo,
o engenheiro tenta
construir pontes.

Imagem: ‘Estúdio de inverno em construção’ (1929), de Edvard Munch (1863-1944)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s