Choro

Das lágrimas de crocodilo aos prantos, chorar faz parte da vida. E, por que não?, dos haicais.

Deglutição
A mãe dizia:
“Engole esse choro.”
Nem mastigava.

Tempestade
Homem não chora.
Acumula lágrimas;
um dia chove.

Ingrediente segredo
O tempero da
chef que chora era o
sal das lágrimas.

Imagem: ‘The crying boy’, de Giovanni Bragolin (1911-1981)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s