Vidas negras importam

Em memória de João Pedro Mattos (foto) e George Floyd

Eu me sinto de luto
quando um sonho é interrompido
por uma rajada de balas
que atravessa a parede
e destrói uma família inteira.

Eu não posso respirar
diante de uma injustiça tamanha,
quando quem deveria proteger
põe a vida de joelhos
e sufoca todo um povo.

Todo santo dia
um negro já nasce condenado
a provar que é inocente
de um crime que nem crime é:
ser negro.
Até quando?

Foto: reprodução/redes sociais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s